Security
Tendencias technologicas

Tendências tecnológicas que PMEs precisam acompanhar nos próximos anos

Nós mostramos as principais tendências tecnológicas que prometem impactar positivamente os negócios de pequenas e médias empresas. Confira!

 

Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT), Realidade Aumentada e Big Data. Estas são apenas algumas tendências tecnológicas que estão em alta no momento, abrindo diversas oportunidades para as empresas e tirando o sono dos gestores.

A Transformação Digital é uma realidade para o mercado, em especial o de pequenas e médias empresas. Com uma velocidade de mudança cada vez maior e um fluxo de informação ainda mais constante entre empresas e clientes, saber tirar o máximo proveito dessas novas tecnologias é o que falta para obter sucesso nos negócios.

Tecnologias que atendem realmente as necessidades dos gestores surgem a cada dia, basta que sejam utilizadas da maneira correta e no momento certo. Para um pequeno negócio em expansão, por exemplo, montar uma arquitetura tecnológica com recursos avançados talvez seja a melhor opção, enquanto para uma startup, mobilidade e conectividade são as palavras-chave.

Principais tendências tecnológicas para deixar no radar

Conforme abordamos, anteriormente, a jornada da digitalização das PMEs deve ser um processo planejado e estruturado para gerar retorno. As tendências tecnológicas devem ser implementadas com objetivos claros, não apenas para surfar na onda da inovação. O benefício da tecnologia está no que fazemos com ela e não apenas na ferramenta em si.

Por isso, apresentamos as principais tendências que toda pequena e média empresa deve ficar de olho se quiser fazer a diferença no mercado nos próximos anos.

1. Internet of Things (IoT)

De geladeiras inteligentes a máquinas de produção industrial, dispositivos de todos os tipos estão contando com chips para coletar dados, trocar informações através da conectividade e melhorar ainda mais a vida do usuário com recursos avançados.

No sentido mais amplo, a Internet das Coisas (ou Internet of Things - IoT) abrange tudo conectado à internet, mas é cada vez mais utilizado para caracterizar objetos que trocam informações entre si, para analisá-los e tomar uma ação sem depender dos humanos.

2. Machine Learning

Imagine como seria o serviço da sua empresa se os gestores contassem com um sistema que, além de entender o comportamento do seu consumidor, pudesse sugerir produtos perfeitos para cada momento de sua jornada de compra. Essa é uma das possibilidades de inovação da sua tecnologia.

Machine Learning são sistemas que identificam padrões e aprendem sozinhos para auxiliar os seres humanos a tomar decisões a partir de dados. Parece futuro, mas é o presente batendo à porta do seu negócio, podendo gerar inúmeras possibilidades por meio da inteligência artificial.

De maneira mais direta, Machine Learning é a prática de usar algoritmos e recursos avançados de TI para coletar grandes volumes de dados, extrair informações e, a partir disso, fazer decisões assertivas de maneira automatizada.

3. Blockchain

Tendências tecnológicas surgem a cada dia para trazer mais segurança aos dados e processos das empresas. Com a Blockchain, as informações da sua empresa podem ficar armazenados de maneira 100% segura e inalterável, desde um registro financeiro complexo à uma escrituração imobiliária.

Ela registra transações virtuais através de um complexo sistema de nós digitais, fazendo com que os dados sejam à prova de roubos e violações.

4. Big Data

Big Data é o termo que descreve um grande volume de dados, estruturados ou não, que impactam cada vez mais as empresas. E não apenas as multinacionais, mas as pequenas e médias empresas também estão apostando nesta tecnologia.

Mas o importante não é a quantidade de dados e sim o que as empresas fazem com os dados que realmente importam. Big Data pode ser analisado para a obtenção de insights que levam a melhores decisões e direções estratégicas de negócio, baseado em informações ricas em todas as etapas do processo de trabalho.

Conclusão

Saber utilizar ao máximo as tendências tecnológicas é requisito básico para as empresas que querem se destacar no presente e sobreviver no futuro. A evolução da arquitetura computacional e de seus recursos avançados pode transformar radicalmente os negócios e ocasionar uma disrupção no mercado das pequenas e médias empresas.

Neste sentido, é crucial que os gestores tenham em mente que a tecnologia é um meio de transformação, não o fim da estratégia. Por isso, ela deve ser pensada, planejada e executada levando em consideração todos os aspectos importantes para a empresa.