Simplifique sua gestão de TI 2
 

Simplifique sua gestão de TI com as tecnologias certas

A gestão de TI hoje deve sim fazer parte da rotina das empresas, não importando o seu tamanho. Afinal, imagine quanto tempo e dinheiro são perdidos com falhas provenientes de mal funcionamento, equipamentos inadequados ou equipe desatualizada.

Uma forma de garantir que a TI da sua empresa seja mais eficiente é empregar as tecnologias certas para o que a sua empresa precisa no seu dia a dia. Mas, antes de ajudarmos você a saber como definir isso, responda: você sabe o que é a gestão de TI e a sua importância?

Mesmo que saiba, que tal refrescar a memória?

O que é gestão de TI?

A gestão de TI pode ser definida como um conjunto de técnicas, tecnologias, pessoas e políticas para garantir o funcionamento das atividades da empresa; feita pelos profissionais capacitados utilizando-se de softwares, hardware, redes e o acesso à internet, assim como a sua devida implementação e manutenção.

Ou seja, o setor de TI é responsável por administrar todos os recursos tecnológicos de uma empresa, assim como o armazenamento e distribuição das informações que neles circulam. Dessa forma, o setor de TI deve ser visto como essencial dentro de uma organização, uma vez que lida com ativos de alto valor, como equipamentos e também os dados.

Qual a importância da gestão de TI para as empresas?

A importância da gestão de TI é que sem ela muitas empresas ou não funcionariam ou operariam com baixa produtividade e com desperdício de recursos. Isso porque, com uma boa gestão de TI é possível determinar manutenções e atualizações constantes para que todas as estruturas sempre estejam funcionando de modo otimizado.

Fora isso, a gestão de TI também é responsável por:

  • Garantir o perfeito suporte técnico de hardwares e softwares para toda a empresa;
  • Administrar processos e solucionar problemas da área;
  • Monitorar e garantir a segurança de toda a rede;
  • Elaborar o planejamento de desenvolvimento de TI;
  • Implementar e melhorar os sistemas utilizados.

Quando uma empresa tem uma gestão de TI eficiente, ela consegue aumentar a sua produtividade e competitividade perante os seus concorrentes. A gestão de TI é uma das responsáveis por fazer com que os equipamentos utilizados em sua empresa, assim como seus sistemas e redes, funcionem perfeitamente sem nenhum tipo de problema ou gargalo operacional.

Dessa forma, a utilização de novas tecnologias é uma estratégia vital para que uma gestão de TI seja eficiente e também capaz de otimizar ainda mais os processos internos de TI.

Vantagens de ter uma boa gestão de TI

Uma boa gestão de TI em uma empresa se reflete diretamente na produtividade, segurança dos dados e também na redução de custos. Por exemplo: a atualização constante de softwares garante a proteção mais recente contra vazamentos de informações, assim como uma velocidade mais alta para os processamentos internos da empresa e novos recursos que podem otimizar o dia a dia de todos os funcionários.

A boa gestão de TI é bem mais do que só a manutenção em máquinas, é garantir que todos os setores da empresa possuam os recursos e tecnologias necessários para continuarem a fazer um bom trabalho. Para demonstrar isso, podemos dizer que a gestão de TI traz vários benefícios, como:

• Maior produtividade;

• Mais segurança dos dados;

• Redução de custos;

• Otimização de processos;

• Facilidade de gestão;

• Maior acesso e possibilidade de captura e gerenciamento de dados;

• Comunicação mais integrada;

• Decisões mais assertivas.
 

Tecnologias para ajudar na gestão de TI

Para fazer uma boa gestão de TI, inevitavelmente será preciso contar com a tecnologia. Para isso, sua equipe de TI deverá ter uma certa liberdade para poder pesquisar e sugerir as mudanças mais adequadas para o dia a dia e o orçamento da sua empresa.

Além de equipamentos como os próprios computadores, é importante também contar com serviços de rede de alta disponibilidade. Outro detalhe essencial é a infraestrutura física do seu próprio ambiente, como fiação e UPS para garantir o pleno funcionamento e segurança dos dados e instrumentos.

Para demonstrar como é possível simplificar a gestão de TI, vamos destacar mais algumas tecnologias:

Single Point of Contact (SPOC)

Também conhecido como Único Ponto de Contato, o SPOC é na verdade uma forma de otimizar o atendimento na resolução de problemas. Com isso, é possível evitar o transtorno de procurar diversas pessoas para resolver um problema, já que somente uma única pessoa se torna responsável por esse tipo de demanda.

Dessa forma, a comunicação é agilizada e a resolução de problemas é mais efetiva. Essa estratégia é aplicada nas áreas de suporte e Help ou Suport Desk. Assim, todos os funcionários que utilizam a estrutura da empresa sabem com quem ou para onde se dirigirem se tiverem um problema.

A partir disso, a pessoa ou setor determinado como SPOC redistribui as demandas para os profissionais mais habilitados. Isso evita confusões de informações e atrasos nas entregas das demandas.

Nuvem

O uso do armazenamento em nuvem também pode ser visto como uma tecnologia que muitas empresas já começaram a adotar. Além da sua alta escalabilidade, ainda é possível que as equipes acessem de onde, quando e como quiserem as informações disponíveis.

Com isso, o serviço de cloud computing traz mais mobilidade e também produtividade, já que a edição de um documento por várias pessoas ao mesmo tempo também é possível. Fora isso, o armazenamento na nuvem ainda pode ser flexibilizado, para aumentar ou diminuir o tamanho disponibilizado conforme sua empresa precisar, o que reduz custos com pagamento de assinaturas de cloud computing e também de infraestrutura física.

O uso de nuvem híbrida, a combinação entre nuvem pública e privada, permite ainda uma maior personalização de acordo com as necessidades da empresa, como demandas por maior mobilidade ou segurança.

Infraestrutura definida por software (SDI)

Esse conceito consiste em virtualizar alguns dos recursos de TI, como redes e armazenamento, que são gerenciados por softwares que os agrupam em pools. Dessa forma é possível automatizar processos de acordo com as políticas predeterminadas.

Por não ser atrelada a um hardware em específico, este tipo de estrutura precisa de pouca intervenção humana para operar em alta capacidade. Assim, software defined infrastructure (SDI) pode ajudar a:

  • Flexibilização das configurações dos recursos de computação de acordo com as especificações de cada aplicativo, devido à virtualização; 
  • Automatização de backups e recuperação dos dados para prevenir contra perdas ou alterações indevidas dos dados;
  • Gerenciamento simplificado para monitorar a infraestrutura definida por software;
  • Integração de nuvem híbrida ao permitir a alocação de cargas de trabalho em nuvens pública ou privada de acordo com as demandas da empresa;
  • Com as configurações adequadas permite aumentar a velocidade e eficiência enquanto reduz custos da operação.

Ferramentas de gestão de TI

Existem ainda alguns softwares ou sistemas que facilitam a gestão. Algumas soluções possuem especificações mais genéricas, o que permite o seu uso por diversas áreas da empresa. Conheça algumas dessas ferramentas:

  • Rescue Time: capaz de monitorar o tempo de uso de cada usuário no computador e emitir relatórios detalhados com diversas  informações, como minuto gasto em cada janela ou site aberto.
  • G Suite: o armazenamento em nuvem do Google e suas ferramentas pode ser o primeiro passo para empresas testarem o uso de nuvem em seu dia a dia devido à facilidade de acesso e gerenciamento, além da mobilidade;
  • XClarity: a solução da Lenovo para gestão é recomendada para implementar serviços de modo mais rápido, assim como a integração com servidores, redes e armazenamento. Tudo isso empregando uma interface de usuário amigável para proporcionar maior agilidade de software.

Existem ainda outros tipos de ferramentas que também devem ser essenciais para o dia a dia de uma gestão de TI eficiente, como:

  • Monitoramento de recursos: utilize uma solução que permita acompanhar em tempo real e de modo automático o desempenho de toda a infraestrutura. Assim, é possível identificar falhas e ver o resultado de mudanças que foram feitas. Dê preferência para os sistemas que permitam o acompanhamento remoto.
  • Gestão de rede: especialmente agora com o uso de home office, é essencial prestar atenção à conectividade dentro e fora da empresa. Por isso, não abra mão de ferramentas que ajudem a monitorar a rede para evitar lentidão, aplicações travadas ou ainda ameaças que possam utilizar uma rede mal estrutura para atacar os dados da empresa.

Parceiros

O uso de empresas parceiras e especializadas em gestão de TI ou em sistemas que ofereçam soluções para isso, também é uma forma de otimização. Isso porque, ao conferir a responsabilidade de algumas atividades é possível liberar a sua equipe de TI para que eles se voltem para projetos mais essenciais para o desenvolvimento da empresa.

Algumas empresas ainda oferecem toda a implementação das suas soluções de gestão, assim como suporte e também ajuda no gerenciamento em si.

Assim, o seu time tem mais tempo para criar projetos que possam dar uma vantagem competitiva para sua empresa ou ainda na implementação de novas tecnologias e soluções.

Data centers

Aliás, uma das tecnologias mais essenciais que a sua equipe deve prestar atenção é o data center. Data centers são a central de processamento de dados de uma empresa, onde está localizado um dos bens mais preciosos de qualquer organização: informação.

Por isso, o investimento e manutenção em data centers de alta capacidade e tecnologia são vitais em qualquer boa gestão de TI. Além disso, é importante ainda contar com um sistema de backup capaz de evitar desastres, como perdas e alterações dos dados sem ter uma versão de salvaguarda.

A Lenovo, por exemplo, possui uma linha completa de equipamentos para data centers para todos os tamanhos de empresas, sendo capaz de suprir qualquer necessidade tecnológica, de armazenamento e processamento que seu negócio possa ter, quer seja com Cloud Computing dentro de sua própria empresa quer seja conectado a uma Cloud Computing pública.

Invista em uma boa gestão de TI com as soluções para data centers da Lenovo. Você pode saber mais aqui.