Remote Working Solutions
8 medidas de segurança digital essenciais durante o trabalho remoto

8 medidas de segurança digital essenciais durante o trabalho remoto

Com a pandemia do novo coronavírus, o home office deixou de ser um modelo de trabalho opcional e se tornou o formato preferido tanto dos funcionários quanto das empresas, por incrível que pareça.

Segundo pesquisa de uma empresa de recrutamento e seleção, 86% dos profissionais entrevistados gostariam de trabalhar remotamente com mais frequência quando as restrições acabarem.

E, de acordo com um estudo realizado pela consultoria Cushman & Wakefield, 73,8% das empresas pretendem instituir o home office como prática definitiva no Brasil após a pandemia do novo coronavírus.

Para que essas empresas consigam operar remotamente, mantendo a produtividade e a proteção de seus dados, é essencial investir em medidas de segurança digital.

Até porque, neste período de quarentena, aumentaram significativamente as tentativas de crimes cibernéticos. 

 

Os ataques virtuais aumentaram durante a pandemia

Segundo pesquisa da Palo Alto Networks, entre março e abril de 2020, o total de ataques virtuais no Brasil saltou de 14.000 para 105.000, um crescimento de 86,6%. 

Para se ter uma ideia, apenas no mês de março foram mais de 20 milhões de acessos a links maliciosos, sendo que 36% dessas ações estavam ligadas à elementos específicos sobre a pandemia do novo coronavírus.

Outro estudo, esse realizado pela Check Point, mostrou que 71% dos profissionais de segurança relataram um aumento em ameaças cibernéticas desde o início da pandemia, sendo que as principais são phishing, malware e ransomware. 

Neste levantamento, 95% dos entrevistados disseram estar enfrentando desafios adicionais nesse momento, dos quais 56% apontaram que o principal empecilho é o fornecimento de acesso remoto seguro aos funcionários.

Sendo assim, implantar medidas eficazes de segurança digital tornou-se ainda mais importante, haja visto o aumento de ameaças e ataques virtuais neste momento em que muitas empresas estão em home office.

 

Leia também: 5 falhas de segurança digital mais comuns nas empresas

 

Como os ataques cibernéticos afetam as empresas?

Os ataques cibernéticos podem trazer diversos problemas para as empresas. 

Entre os principais estão: perda direta de ativos; vazamento de informações de clientes; roubo de dados sigilosos; invasão à rede privada; comprometimento da infraestrutura de TI; fraude eletrônica; interrompimento das operações. 

Todos esse problemas trazem prejuízos financeiros e também para a gestão do negócio como um todo. Mas, com as ações certas, esses riscos podem ser diminuídos e até eliminados.

 

8 medidas de segurança digital para o trabalho remoto

Confira as principais medidas de segurança digital que as empresas devem implantar para proteger seus dados e informações durante o trabalho remoto.

 

1. Instale um bom antivírus

Instalar um bom antivírus em cada desktop ou notebook é o primeiro passo para garantir a segurança digital das empresas, ainda mais se os equipamentos utilizados forem pessoais.

Existem diversas opções de antivírus gratuitos. Os computadores com Windows 10, por exemplo, já vem com o Windows Defender pré-instalado. Porém, para uma proteção ainda maior, o ideal é investir em programas pagos.

 

2. Utilize senhas fortes

Nada de data de nascimento na hora de criar suas senhas. O indicado é criar senhas fortes e ativar a verificação em duas etapas em todos as suas atividades no mundo virtual.

Não se esqueça de trocar suas senhas antigas e, na hora de atualizá-las, use e abuse de letras, números, símbolos e até frases longas

E, para guardar essas informações de acesso, você pode contar com aplicativos como LastPass, 1Password e até o gerenciador de senhas do Google.

 

3. Mude a senha do roteador

Os roteadores costumam ser configurados com a senha padrão de cada fabricante. E os criminosos virtuais têm amplo conhecimento desses códigos. Por isso, antes de começar o home office, o ideal é trocar a senha do roteador.

Clique aqui e confira um passo a passo de como trocar a senha do seu aparelho.

 

4. Se possível, use uma rede VPN

Uma VPN é essencial para quem está trabalhando em home office e precisa acessar os servidores da empresa. Esse tipo de rede virtual permite o tráfego de informações com mais segurança.

Você pode criar a sua própria VPN ou escolher entre as diversas opções do mercado. Saiba mais aqui.

 

5. Atualize seu PC e aplicativos

Algumas pessoas utilizam seus próprios equipamentos durante o trabalho remoto. Muitas vezes, são PCs antigos, com Windows 7 ou Windows XP, que já não recebem mais atualizações da Microsoft.

Portanto, se esse for o seu caso, você precisa urgentemente atualizar seu sistema operacional, ou comprar uma máquina nova.

Utilize sempre desktops, notebooks e aplicações atualizadas para evitar problemas, que podem acontecer em versões de equipamentos e softwares desatualizados.

 

6. Evite usar pen drives e HDs externos

É extremamente difícil proteger um malware quando ele é diretamente conectado ao computador, por isso evite pen drives e HDs externos, porque esses dispositivos podem estar infectados.

Prefira salvar e armazenar seus dados e informações na nuvem, uma prática segura e que otimiza o trabalho das equipes.

 

7. Faça backups e cuide do armazenamento em nuvem

Como citamos acima, o armazenamento em nuvem é ideal para armazenar, criar, editar e compartilhar documentos, planilhas e outros registros importantes, com facilidade e segurança.

Lembre-se de fazer backups constantes dessas informações. Algumas opções são Google Drive, One Drive e Dropbox. Para empresas, existem planos com 2TB de espaço até volumes ilimitados. 

 

8. Prefira equipamentos mais seguros

Existem PCs no mercado que oferecem segurança além do antivírus. 

É o caso da linha ThinkPad Lenovo, que conta com notebooks com leitor biométrico, câmera infravermelha para reconhecimento facial, proteção para a webcam, entre outros recursos de segurança.

A marca Think foi criada para negócios, com desktops, notebooks e estações de trabalho que unem desempenho e qualidade com segurança e durabilidade.

Clique aqui e conheça as tecnologias mais inteligentes da Lenovo para empresas que buscam performance sem abrir mão da segurança digital.

Agradecemos sua leitura. Até breve!

Recursos tecnológicos para uma equipe ainda mais produtiva