Transformando Produtividade
Workplace Efficiency Banner

O uso de "wearables" no seu negócio

A tecnologia vestível não é tão nova quanto pensamos.

Em 2004, a marca de design de moda CuteCircuit apresentou a HugShirt, conectada por Bluetooth, no CyberArt Festival em Bilbau, na Espanha. Como o nome implica, é uma vestimenta desenvolvida para enviar abraços a distância. Quatro anos depois, o designer Ilya Friedman criou um fone de ouvido Bluetooth no formato de brincos elegantes. 

Porém, foi o Apple Watch, lançado em abril de 2015 (parece que foi há mais tempo, não é?) que realmente conduziu a expansão da tecnologia vestível. Amplamente planejado quando foi apresentado pela primeira vez, foi responsável por US$ 1 bilhão em receita no primeiro trimestre. 

De acordo com o analista do setor CCS Insight Wearables Forecast, Worldwide, 2015, o mercado de tecnologia vestível, que abrange relógios inteligentes, monitores de condição física, fones de ouvido de realidade aumentada e virtual (RV), câmeras vestíveis e muito mais, deve atingir US$ 14 bilhões em 2016. Segundo o relatório, ele provavelmente crescerá para US$ 34,2 bilhões até 2020 ou, em ermos materiais, de 84 milhões de unidade enviadas em 2015 para cerca de 245 milhões em 2019. O relatório  Wearable Technology Market by Product  da empresa de análise Market by Market, publicado em dezembro de 2015, fixa o mercado em US$ 31,27 bilhões até 2020. Relógios inteligentes, que totalizaram cerca de US$ 6,3 bilhões em vendas em 2016, continuarão sendo o carro-chefe no setor de tecnologia vestível.

Canalizando o poder da tecnologia vestível

O que o crescente mercado de tecnologia vestível significa para as pequenas empresas?

/"Como em qualquer tendência viável, trata-se de aumentar a produtividade e a eficiência, sempre que possível/", diz Anita Campbell, CEO da Small Business Trends, um portal de informações voltado para pequenas empresas. "A tecnologia vestível é verdadeiramente 'hands free'. Os proprietários de pequenas empresas e a sua equipe estão em movimento. Qual a melhor forma de obter mais produtividade, a não ser com as mãos livres ao realizar alguma tarefa? Você pode realizar as tarefas com mais rapidez e facilidade, sem atrapalhar-se segurando um telefone ou tablet em uma das mãos. Aliado a isso, a tecnologia vestível pode trazer melhor inteligência de dados e eficiência nos processos ao transmitir dados sem fio, e é muito simples. Essa tecnologia tem o potencial de melhorar as comunicações, a colaboração, o atendimento ao cliente e as operações diárias de várias maneiras/".

  • Comunicações internas. Dispositivos e tecnologias vestíveis que permitem comunicações na equipe e controle do tempo estão se tornando mais disponíveis e acessíveis. /"Por exemplo, fones de ouvido de RV para reuniões virtuais de empresas como Rumii podem trazer um elemento totalmente novo para colaboração e reuniões de equipe, ajudando a visualizar melhor conceitos e inovações/", observa Amber Osborne, diretora de marketing da Meshfire, uma empresa de gerenciamento de comunidade social com sede em Seattle.
  • Enriquecendo a experiência do cliente. Se já tem produtos móveis e baseados na Web, você tem uma grande oportunidade de fazer mais para sua base de clientes. Patrick observa que os consumidores muitas vezes pesquisam produtos no site de um empresa, usam um aplicativo móvel para verificar preços ou fazem mais pesquisa onde estiverem e, depois, recebem notificações baseadas em localização a partir de um relógio inteligente. /"A Sickweather é um exemplo de empresa que tem usado tecnologias vestíveis para aprimorar a experiência do cliente/", diz Sarah Patrick, desenvolvedora de conteúdo sênior e especialista em marketing da Clutch, uma empresa de classificações e avaliações B2B em Washington, D.C. Patrick tem pesquisado e comentado extensivamente sobre tecnologias vestíveis. /"Ela oferece prognóstico e mapeamento de doenças ao rastrear redes sociais quanto a indicadores de doença e prever a chance de enfermidade em locais diferentes. Começou como uma plataforma móvel e ampliou para tecnologia vestível em junho de 2014. Com seu aplicativo vestível, a Sickweather conseguiu oferecer mais recursos to ajudar as pessoas a tomar medidas para evitar doenças, como um temporizador para lavagem das mãos/."
  • Reforçando a fidelidade à marca. Qual a melhor maneira ser o primeiro na mente dos consumidores, a não ser ficando diretamente na pessoa? Patrick menciona uma cadeia de restaurantes canadense, Pizza Pizza, como exemplo. Embora a cadeia permita que os clientes façam pedidos no local, online, via telefone ou de um tablet ou celular, ela também possui um aplicativo vestível com uma característica divertida: A contagem regressiva para entrega faz da espera pela pizza um jogo. Além disso, ele conta com um menu rápido personalizado para pessoas que sempre fazem o mesmo pedido. Isso significa tempo de qualidade real gasto com a marca a cada pedido.
  • MARKETING – principalmente local. Em um post recente do blog, Jess Butcher, cofundadora e diretora de marketing da empresa de RV Blippar, defendeu o marketing local verdadeiro no momento exato. /"Vemos a tecnologia vestível aproveitando cada vez mais o reconhecimento de imagem sofisticada para levar a um comportamento totalmente novo de navegação visual dentro de dois a três anos/", ela observou. /"As tecnologias vestíveis conseguirão 'olhar' para o mundo físico estático ao redor e saber mais imediatamente, como onde o cinema mais próximo está exibindo determinado filme ou elas poderão reservar a mesa de um restaurante, traduzir o cardápio, localizar uma empresa no mapa em relação à sua posição atual. Esses aplicativos são, por natureza, locais e proporcionarão grandes oportunidade para pequenas e médias empresas para que se coloquem na frente de seus consumidores de modo contextual e imediatamente relevante/". Para uma pequena empresa gerenciar suas métricas, ela precisa de um painel abrangente que possa consolidar todas as informações mais úteis em visualizações interativas. Simplificar o jogo das métricas por meio de um painel personalizável e amigável é a chave para tomar melhores decisões de negócios.

No panorama geral, considere /"expositores de publicidade, anúncios de vendas ou outros divertimentos na loja que em breve serão possíveis com o avanço da realidade aumentada e dos aplicativos vestíveis/", acrescenta Ryan Stevens, gerente de negócios da Clutch. /"Não vejo que há necessidade para uma grande quantidade de tecnologia própria, e varejistas, por exemplo, poderiam contar com os fabricantes dos bens como outra forma de publicidade na loja. Se você olhar para trás, para o Google Glass, o grande motivo de sua falha foi a ausência de tecnologias ou infraestruturas relacionadas para dar suporte ao seu uso ou tornar seu uso prático no cotidiano. Os aplicativos e dispositivos de realidade aumentada ajudarão a preencher essa lacuna/".

Uma grande variedade de aplicativos potenciais

Embora tenhamos destacados diversas áreas gerais nas quais as tecnologias vestíveis oferecerão muitos benefícios úteis, também haverão diversas desvantagens para empresas em setores e mercados específicos (por exemplo, varejo, voltado a estoques, saúde – veja a barra lateral /"Saúde: Uma pioneira em tecnologias vestíveis/" para saber mais – e muitos outros).

/"Para qualquer operação com muito estoque e/ou necessidade de depósito, por exemplo, a leitura com as mãos livres usando tecnologias vestíveis aumenta imediatamente a produtividade/", dia Campbell. /"Ou considere uma empresa que possui motoristas para entrega ou motoristas de caminhão. Parte da nova tecnologia vestível pode monitorar fatores como velocidade, consumo de combustível e fadiga do motorista, e pode alertar os motoristas conforme necessário. No varejo, já estamos vendo como as tecnologias vestíveis estão acelerando o processo de finalização/".

À medida que a tecnologia vestível cresce, haverá uma variedade de oportunidades para colocá-la em prática para quase todos os negócios. Não apenas em termos de melhorar suas próprias operações, mas pela chance de criar soluções voltadas a um setor em rápida expansão.

Saúde: Uma pioneira em tecnologias vestíveis

Se você procura um setor para ter um exemplo sobre os avanços em tecnologia vestível, veja o setor de saúde. Embora os avanços dessa tecnologia tenham ocorrido amplamente na esfera dos relógios inteligentes, os aplicativos de saúde e condição física ajudaram a levá-la a um novo patamar.

Patrick, da Clutch, que discutiu seu aplicativo exclusivo da Sickweather, indica outros exemplos. /"O HealthTap usa tecnologia vestível como base para sua plataforma de gestão da saúde/", ela observa. /"Ele oferece cuidados virtuais aos usuários a partir de uma rede de médicos. Além disso, permite que os médicos coloquem a doença ou o problema de saúde de um indivíduo no cotexto de dados pessoais coletados de tecnologias vestíveis de monitoramento da condição física. Para uma característica diferente, a Ringly levou a ideia de monitoramento da condição física e do estilo de vida do pulso ao dedo. A empresa oferece anéis e pulseiras que monitoram a atividade e comunicam notificações recebidas de um dispositivo móvel. Slogan da marca: Jewelry, Meet Technology (Joias, conheçam a tecnologia)/".

A próxima fase? Tecnologias vestíveis /"maleáveis/". /"Existem muitas empresas fazendo incursões, principalmente na área de saúde e condição física/", diz Campbell. /"Sensoria é uma empresa startup pioneira em colocar sensores em roupas, como camisetas e meias. Seus itens monitoram a condição física do usuário. É perfeito porque você não precisa usar um monitor de pulso nem qualquer outro acessório – apenas as roupas esportivas que você usaria. Além disso, os monitores ficam mais perto da parte física do corpo que é monitorada, para um monitoramento mais preciso e completo do desempenho físico/".

O que faz da saúde e condição física a combinação perfeita para tecnologias vestíveis? A aplicação disseminada do setor. /"Embora a função principal de tecnologias vestíveis de condição física inicialmente era monitorar a atividade, elas passaram a ter um papel importante como dispositivos de estilo de vida/", observa Patrick. /"Elas colocam os dados coletados em um contexto único da pessoa que as usam, o que significa que qualquer pessoa pode vir a ter benefícios com a sua utilização/".