Novas tecnologias: em quais pequenas e médias empresas precisam investir em 2020

Novas tecnologias: em quais pequenas e médias empresas precisam investir em 2020

 

Segunda uma pesquisa feita pela empresa de consultoria McKinsey, 39% da população brasileira economicamente ativa tem seu próprio negócio. Além disso, existem mais de 8 mil startups testando novas tecnologias e modelos de negócios por aqui. Isso prova que o Brasil é um país de empreendedores, e a tecnologia tem um papel significativo nesse resultado.

Hoje, é praticamente impossível ver um negócio, mesmo de uma pequena empresa, crescer sem a adoção de ferramentas tecnológicas. Elas facilitam o dia a dia, reduzem custos e potencializam a produtividade.

Neste artigo você vai conhecer algumas das principais novas tecnologias e ferramentas cuja adoção é necessária para garantir competitividade no mercado!

O impacto do investimento em novas tecnologias

É muito importante que pequenas e médias empresas invistam em ferramentas que possam modernizar o trabalho a fim de viabilizar o crescimento do negócio. Por meio delas, o empreendedor conseguirá:

  • garantir maior segurança às suas operações;

  • proteger seus dados;

  • ganhar um diferencial competitivo no mercado;

  • economizar custos, especialmente a longo prazo;

  • crescer de forma sustentável;

  • aumentar a produtividade das equipes, reduzindo o tempo gasto com tarefas simples e mecânicas;

  • fortalecer sua marca no mercado.

Enfim, os resultados desse investimento são práticos e podem ser sentidos de forma imediata. Mas no que investir para alcançar esses benefícios? A seguir, preparamos uma lista com as novas tecnologias que são tendências no mercado atual.

As melhores tecnologias para pequenas e média empresas

Plataformas de gestão

Um software de gestão são plataformas que ajudam o empreendedor a ter uma visão geral do negócio, integrando informações da área comercial, financeira, administrativa, de estoque, entre outras. Essa forma de gerenciar os registros é a principal base para o aprimoramento da tomada de decisões na empresa.

Por exemplo, os dados podem servir de insumo para a área comercial desenvolver estratégias mais eficientes de atração e retenção de clientes. Além disso, tarefas burocráticas e repetitivas podem ser automatizadas, como emissão de notas fiscais e boletos, dar baixa no estoque e até ações de estratégias de marketing.

Aplicações para produtividade e gerenciamento de equipes

Hoje é muito comum as empresas utilizarem um arsenal de plataformas de produtividade. Trello, Slack, Evernote, Skype, entre outros. Não negligencie o poder que essas ferramentas têm de gerenciar equipes. Por meio delas, o gestor pode delegar tarefas, definir prazos, dividir projetos em etapas menores para um melhor acompanhamento, entre outros.

Mas é importante que essas ferramentas sejam integradas e se conectem umas às outras. Isso evita interrupção nos trabalhos para alimentar os sistemas. Além disso, exagerar na quantidade de aplicações pode ser prejudicial, uma vez que as informações ficarão dispersas, e perde-se tempo até que todos ganhem familiaridade com o software.

Automação

A cada ano surgem novas ferramentas de automação, e a tecnologia fica mais complexa e robusta. Dessa forma, diversos setores do seu negócio já podem ser automatizados. E o que você ganha com isso? Maior agilidade nos processos e uma grande redução nos custos.

Muitos imaginam que se trata de ferramentas caras e de implementação complexa. Mas não é bem assim. A automação pode ser configurada com soluções que você já tem. Por exemplo, configurar filtros de e-mail para agrupar remetentes em uma pasta ou lista, ou redirecionar e-mails que contenham determinadas mensagens já são alguns tipos de automações.

Inteligência artificial e chatbots

A inteligência artificial (IA) fornece muitas soluções de automação e merece uma consideração à parte. De forma simples, IA é a capacidade de uma máquina agir e tomar decisões de forma autônoma.

Uma das práticas mais comuns hoje de inteligência artificial são os chatbots. São aqueles chats online disponíveis em muitos sites que respondem a perguntas de forma automática. Por meio deles, o atendimento ao público pode ser filtrado e redirecionado ao setor correto, e muitas vezes pode ser solucionado ali mesmo na conversa automatizada.

Computação em nuvem

Essa não é exatamente uma das novas tecnologias, mas é a solução predileta das pequenas e médias empresas. Por ser uma ferramenta barata, é amplamente adotada no mundo corporativo.

Na prática, a nuvem permite que softwares e equipamentos sejam utilizados a distância. Dessa forma, plataformas de gestão podem ser acessados pelo navegador, sem a necessidade de uma instalação local na máquina. Além disso, arquivos são armazenados em servidores remotos, garantindo maior segurança aos dados.

Pequenas e médias empresas têm à sua disposição um conjunto enorme de novas tecnologias que podem alavancar seus resultados. Aqueles empreendedores que não investirem nessa evolução podem perder força competitiva e ficar para trás.

Quer saber mais sobre como as novas tecnologias podem garantir melhores resultados na sua empresa? Faça uma cotação no nosso site, ou entre em contato conosco pelo número 0800 536-6861.