Eficiência
Notebook Corporativo

Notebook corporativo e pessoal: entenda a diferença

Quando uma empresa de pequeno ou médio porte planeja fazer investimentos em informática e TI, alguns fatores são determinantes para escolhas mais estratégicas e assertivas.

 

Quando uma empresa de pequeno ou médio porte planeja fazer investimentos em informática e TI, alguns fatores são determinantes para escolhas mais estratégicas e assertivas. No caso de investimentos em infraestrutura e recursos, é importante saber as características de cada ferramenta. Ao investir em um notebook, por exemplo, é preciso conhecer as peculiaridades de um notebook corporativo e um notebook pessoal.

E falando em compra de computadores para a empresa, além das especificidades de perfil do negócio, outro ponto importante para a decisão de compra nas PMEs é o ganho de produtividade, a partir de configurações alinhadas com as necessidades diárias de uso. A confiabilidade também tem relevância nessa equação que, por sua vez, leva em consideração ainda a segurança e a integridade proporcionadas aos dados e usuários.

Tudo isso deve resultar num bom custo-benefício — não apenas em relação ao preço do equipamento, mas também considerando fatores como durabilidade e possíveis custos de manutenção.

Para trazer informações que auxiliem sua empresa a fazer as melhores escolhas nesse sentido, preparamos este post sobre as principais características de notebooks corporativos e domésticos. Aproveite!

Uso profissional x pessoal

Embora haja muitas diferenças entre os tantos modelos de notebooks oferecidos pelo mercado, eles sempre terão sua configuração vinculada ao uso doméstico ou ao corporativo. Nesse sentido, os fabricantes também já disponibilizam ao mercado diferentes linhas com nomes específicos, que sinalizam a categoria atendida pelo equipamento.

É uma diferença que, inclusive, independe de elementos como capacidade de memória e processamento, ou tipo de processador e sistema operacional. Um notebook corporativo pode ter configuração idêntica ao de uma máquina de uso doméstico. O mesmo vale para modelos ultrafinos, conversíveis, substitutos de desktop ou focados em usos específicos para jogos, por exemplo.

Por isso, notebooks de configuração similar têm variação de preço, em se tratando de uso de perfil pessoal ou empresarial. O foco das linhas corporativas reside justamente em oferecer diferenciais que estão além da configuração. São características mais colaborativas para o uso profissional e que, consequentemente, elevam um pouco o preço do equipamento.

Os diferenciais dos notebooks corporativos

Ao optar por equipamentos de uso corporativo, sua empresa terá vantagens que impactam positivamente a produtividade da equipe e fazem a diferença na sua rotina. Um notebook corporativo está mais preparado para funcionar por períodos de tempo mais longos e operacionalizar facilmente diversas aplicações demandadas. Ou seja, além de poder ter mais aplicações instaladas em seu equipamento, será mais fácil que elas “rodem” adequadamente.

Além disso, essa categoria tem um plus de durabilidade, pois já é pensada para as condições de uso profissional. Se considerarmos a demanda de mobilidade, que é bastante crescente no atual cenário corporativo, os equipamentos corporativos também estão à frente. São dispositivos com garantia de performance e funcionamento aprimorados, tanto localizados em unidades centrais quanto transportados, que também possuem mais pontos USB e de conexão, permitindo maior flexibilidade no uso externo.

A conectividade também vai levar em conta essa demanda de uso “on the move”, oferecendo assertividade mesmo quando há redes com sinal fraco. As condições de segurança e confiabilidade dos dados também são melhores no notebook corporativo, já que os fabricantes consideram a exigência empresarial de confidencialidade e prevenção de ataques.

Além de tudo isso, as fabricantes de equipamentos corporativos, em geral, têm assistência técnica com cobertura mundial. É um ponto bastante favorável no estudo da relação custo-benefício que norteia a estratégia de aquisição de equipamentos. Afinal, vale a pena ter acesso fácil, rápido e garantido a qualquer necessidade de reparo que sua equipe venha a ter.

Compare e escolha

Agora que você já conhece os diferenciais do notebook corporativo, confira alguns dos principais pontos de comparação entre ele e o notebook doméstico:

  • Notebooks pessoais seguem uma produção massificada, com especificações padronizadas, enquanto os corporativos são customizáveis de acordo com necessidades profissionais;

  • A duração da bateria é superior nas linhas de notebook corporativo;

  • A possibilidade de upgrade de memória é bastante superior nas linhas de uso em negócios;

  • A otimização para tarefas profissionais não é uma característica dos notebooks de uso pessoal, enquanto os corporativos são pensados para esse objetivo.

Esperamos que nossas dicas colaborem para a tomada de decisão e a análise de investimentos do seu negócio. Em se tratando de definir soluções eficazes, com bom custo-benefício e boa taxa de retorno, nada melhor que poder comparar possibilidades com rapidez e praticidade, não é mesmo?