Security
Governanca de ti

Governança de TI: melhores práticas para pequenas e médias empresas

Precisando de uma TI mais estratégica? Descubra como implementar uma boa governança de TI e contribuir para o alcance de metas na sua empresa!

 

Planejamento é um processo essencial para qualquer negócio e deve ser aplicado em todas as áreas. Marketing, financeiro, administrativo, todos devem trabalhar alinhados aos objetivos da empresa para contribuir com a obtenção de melhores resultados. O mesmo deve ocorrer na área de TI, e é por isso que existe a governança de TI.

Muito útil para pequenas e médias empresas (PMEs), a governança consiste no planejamento dos processos para garantir que a área de TI ajude a organização a atingir suas metas. Para obter melhores resultados, continue a leitura!

Escolha do framework mais adequado

Cada PME tem uma realidade e necessidades especiais. Uma empresa que lida com dados sigilosos dos clientes, como o número do cartão de crédito, deve focar em segurança da informação. Uma que trabalha com criatividade, por sua vez, precisa dos softwares mais modernos do mercado.

Por isso, a primeira prática de governança de TI é escolher um dos frameworks disponíveis para aplicar. Esses modelos indicam práticas voltadas a características específicas do TI. Confira os principais deles:

  • COBIT: é bastante abrangente e possui práticas que vão desde o planejamento até a auditoria dos processos;
  • Val IT: tem foco nos investimentos em TI para a empresa;
  • Risk IT: gerencia riscos relacionados a TI;
  • ISO 3100: traz guias para gerenciamento de riscos;
  • CMMI: projetada para auxiliar no desenvolvimento de produtos e sistemas;
  • MPS.br: modelo criado para planejar a melhoria de softwares;
  • ITIL: possui práticas para segurança da informação, gestão de ativos e de infraestrutura.

A escolha do melhor framework depende bastante da relação entre a organização e seu uso de TI. Por isso, é importante analisar cada framework disponível para conseguir resultados mais eficientes.

Planejamento de backups

Quem nunca perdeu horas de trabalho porque o computador apresentou um problema e simplesmente desligou? Essa situação é comum tanto para um universitário escrevendo TCC como para um pequeno empresário trabalhando com relatórios.

A memória dos dispositivos de uma empresa é extremamente valiosa. Ela armazena informações importantes da organização, dos clientes, dos projetos antigos e dos que estão em andamento. Sua empresa saberia o que fazer caso algo ocorresse com seus aparelhos?

É exatamente para isso que servem os backups. Caso um acidente ocorra, é possível recuperar tudo que foi perdido. Algumas empresas precisam utilizá-los por causa de problemas técnicos e, em alguns casos, por causa de furto dos equipamentos.

Uma ótima prática de governança de TI inclui planejar backups semanais, diários ou mensais, dependendo da quantidade de dados. Eles podem ser utilizados assim que um imprevisto ocorrer e mantêm a empresa segura.

Existem diversas opções para backups e as empresas modernas utilizam sistemas automatizados para isso. É bem mais eficiente do que pedir para o técnico de TI realizar o backup das máquinas toda semana. Dependendo da quantidade de equipamentos na empresa, isso é impossível.

Outra opção é usar sistemas baseados na nuvem que, na maioria das vezes, fazem backup automático.

Manutenção de equipamentos

Empresas que incluem a manutenção de equipamentos e máquinas na sua governança de TI conseguem mais resultados em todos os seus processos.

A manutenção é uma tarefa necessária, mas que exige tempo e mão de obra. Quando não é planejada corretamente, parte dos colaboradores pode ficar ociosa enquanto espera o computador voltar a disponibilidade de uso.

O ideal é preparar uma manutenção com foco preventivo. Esperar que os problemas comecem e consertar estragos é a receita para atrasar a operação, as entregas e gerar certo caos na empresa. A fim de evitar tais problemas, é importante utilizar sistemas de monitoramento dos serviços de TI.

Dessa maneira, a equipe de TI consegue agendar a manutenção para o horário mais adequado, sem efeitos negativos para a equipe, como prejuízos na produtividade.

O plano de governança de TI também deve incluir a atualização periódica de máquinas e softwares. Os funcionários conseguem produzir mais e evitam problemas técnicos quando têm as melhores ferramentas à disposição.

Um detalhe importante para quem preza pela segurança dos dados de sua empresa: atualizações também podem trazer mais segurança. A maior parte dos softwares inclui medidas para impedir invasões e vazamento de dados.

Segurança da informação

A governança de TI se relaciona diretamente com a segurança das informações nas empresas. Um negócio que não investe nessa área fica vulnerável aos ataques de hackers, invasões e infecções por malwares. Além disso, correm o risco de ver seus dados e os dos clientes caírem em mãos indesejadas.

Uma empresa que sofreu ataque sofre prejuízos na sua reputação na visão do cliente e precisará lidar com os resultados do problema. Apesar disso, poucas organizações brasileiras investem especificamente em segurança da informação.

Coincidentemente, essa é uma prática essencial de governança de TI: estabelecer um sistema de proteção bom, a instalação de antivírus e um firewall eficiente.

Quem trabalha com dados mais sigilosos, especialmente de clientes, deve utilizar também sistemas de criptografia de dados. Quanto mais seguro estiver, melhor.

Mensuração de resultados da governança de TI

Será que a governança de TI está sendo eficiente? Só existe uma maneira de descobrir: analisando tudo. Outro aspecto que compõe um planejamento eficiente na sua empresa é a mensuração dos resultados.

Estabeleça métricas que podem ser analisadas. Caso elas sejam imprecisas, vagas ou difíceis de medir, é sinal que algo está errado no seu planejamento. A mensuração deve ocorrer em intervalos regulares. Assim, se algo estiver errado, é possível adotar medidas corretivas antes que o problema cresça.

Gostou da leitura? Acompanhe a página da Lenovo para PMEs e leia mais conteúdos relevantes sobre segurança para empresas!