Gestão de projetos à prova de imprevistos 2
 

Gestão de projetos à prova de imprevistos


Como trabalhar com uma gestão de projetos à prova de imprevistos? É possível se antecipar e reduzir os erros? Como ser mais assertivo? Leia no texto!

Todos os dias, milhões de pessoas trabalham para criar, desenvolver ou aperfeiçoar produtos e serviços. Enquanto o mundo avança e novos desafios surgem, diferentes projetos estão acontecendo.

Infelizmente, imprevistos acontecem todos os dias. Gestores de projetos precisam se organizar para desenvolver um perfil capaz de antecipar e solucionar problemas. O sucesso das operações depende de uma gestão com visão 360º, onde todas as partes envolvidas estejam integradas e focadas em um único propósito.

Para te ajudar na missão de uma gestão de projetos à prova de imprevistos, desenvolvemos um artigo completo. Vamos lá?

Gestão de Projetos Eficiente

 

Segundo o Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI), atualmente, 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do mundo é investido na execução dos mais distintos tipos de projetos. 

Como ter uma gestão de projetos eficiente? A verdade é que ninguém está isento de lidar com empecilhos durante a trajetória, viu? Mesmo com tecnologias, metodologias e profissionais qualificados liderando equipes produtivas, alguns imprevistos podem comprometer projetos e metas do negócio.

A diferença entre os projetos que irão dar certo e os que podem falhar está na forma com que as pessoas vão lidar com questões do cotidiano. Para obter os melhores resultados é fundamental diminuir o impacto de problemas que surgem e, algumas práticas podem ser facilitadoras para gestores e equipe. 

Confiança na Equipe

 

Você deve ser lembrar disso todos os dias: por mais inovadores que sejam, projetos são desenvolvidos por pessoas. Um relatório realizado pela GPTW mostrou que, em 2019, 82% das empresas já adotavam horário flexível e 61% estimulavam o home-office. Isso significa que são empresas disruptivas e tecnológicas? Não necessariamente. Mas, com certeza, elas são lideradas por pessoas que confiam mais nas suas equipes. 

Trabalhe para construir uma cultura forte, onde todos os participantes dos projetos tenham autonomia para pedir ajuda, comunicar possíveis erros e participarem ativamente das atividades. Independente do cargo, as pessoas precisam ter suas opiniões sobre clientes, fornecedores e parceiros levadas em consideração. 

Simplifique problemas complexos

 

Quando falamos dos desafios de gestão, não estamos referindo apenas na diminuição de ruídos e organização de tarefas para o time, isso é o básico. Erros de gestão podem destruir sua infraestrutura de TI e representar um prejuízo financeiro enorme para os negócios, por exemplo.

Para definir qual a gravidade do imprevisto durante a execução do projeto, tenha uma metodologia que funcione bem no seu segmento na hora de avaliar a complexidade. Veja só!

  1. O problema pode ser dividido em pequenos problemas?
  2. Seu quadro de colaboradores pode resolver?
  3. Em uma escala de 0 a 10, qual o impacto na empresa?

É comum gestores olharem para imprevistos com extrema preocupação. Isso pode causar a sensação de que ele é maior do que a capacidade da empresa resolvê-lo. Entendendo o impacto na empresa, o tamanho real do desafio e, se o seu time pode solucioná-lo, você  possui as respostas para dar os primeiros passos. Isso é simplificar problemas complexos e ter uma gestão à prova de imprevistos

Criatividade para solucionar problemas de gestão

 

Inovações surgem quando problemas são detectados. Se você tem o objetivo de ter uma gestão de projetos à prova de imprevistos, precisa trabalhar de forma criativa. 

É comum profissionais deixarem de lado o pensamento criativo para executar tarefas de forma mais rápida e mecânica. Essa é uma armadilha que gestores devem evitar cair! A criatividade é uma habilidade que pode ser desenvolvida e aperfeiçoada com treinamento e dedicação.

Para conquistar bons resultados, incentive seu time. Um pensamento fora da curva ou uma nova maneira de olhar para o mesmo problema podem trazer respostas dificilmente encontradas em pareceres técnicos ou metodologias existentes.

Ter um plano B na gestão de projetos

 

Na rotina de um projeto, nenhum dos envolvidos gosta de pensar que ele pode dar errado. Todos estão colocando sua energia e capacidade técnica em busca de resultados positivos, não é mesmo? 

Mas, para evitar um comportamento reativo quando surgirem possíveis falhas é importante ter um plano B. Isso não quer dizer que você precisa abrir mão da ideia ou solução, você precisa ter a capacidade de entender que o caminho pode não fazer sentido e, que é preciso recalcular a rota.

Caso você e seu time percebam que a situação pode sair do controle ou, que solucionar os problemas vai demandar mais tempo do que começar do zero, não tenha medo. É parte natural do desenvolvimento descartar para dar lugar ao novo.

Quer saber mais sobre como a tecnologia pode ajudar na gestão de projetos à prova de imprevistos? Faça uma cotação no nosso site por aqui. 

melhor prevenir do que remediar