Security
Blockchain: revolução para pequenas empresas?

Blockchain: revolução para pequenas empresas?

Entenda como funciona o blockchain e porque essa novidade tecnológica pode revolucionar as transações das pequenas e médias empresas.

 

O Blockchain está ligado às transações usando criptomoedas. Basicamente, é um conjunto de registros de transações financeiras formado por blocos. Cada um desses blocos seria um elo de uma enorme corrente, significando transações financeiras individuais.

As transações do Blockchain podem ser vistas por todos os participantes de uma rede, e todos os integrantes também são capazes de verificar e validar as operações. Assim que os outros membros da corrente consideram a transação válida, ela se transforma em mais um bloco da corrente.

Desde o surgimento das criptomoedas, marcado pelo início do uso das Bitcoins, essas transações digitais viraram moda. Na verdade, moda seria subestimar essa forte tendência tecnológica do mercado que só deve se desenvolver e conquistar novas áreas com a evolução da tecnologia.

Acesso às informações

Um dos principais diferenciais do Blockchain é o fato de todos integrantes terem acesso a suas informações. Nos modelos tradicionais de transação, o dinheiro vai de um conta a outra, gerando registros em cada uma delas.

A pessoa que fez a transferência, porém, só é capaz de ver os próprios registros, assim como quem recebeu tal transferência. Por isso, se o indivíduo que a recebeu alegar que o dinheiro não caiu na conta, é difícil de provar o contrário sem seus registros.

Uma situação dessas não aconteceria em uma transação com Blockchain. Todos os envolvidos veriam a transferência imediatamente nos blocos, podendo comprovar a veracidade das informações.

Benefícios e aplicações do Blockchain

Quem ouve sobre Blockchain pela primeira vez geralmente pensa que não é algo tão inovador e que já está em uso desde o surgimento das criptomoedas, certo? Essa tendência possui diversas vantagens que devem ser exploradas por pequenas e médias empresas (PMEs) nos próximos anos.

A primeira delas está na segurança de dados e proteção contra ameaças virtuais. Não é porque os dados são acessíveis e aprovados por todos que a segurança diminuiu. Pelo contrário, ela só melhora. Todos os dados presentes em um Blockchain são criptografados e alterá-los é praticamente impossível.

Combinando a segurança digital com o acesso democrático à informação, a confiança nas transações cresce bastante. É muito difícil que alguém consiga enganar os outros participantes ou realizar fraudes e esconder transações.

Para instituições financeiras

Para bancos e instituições financeiras, os riscos também deixam de ser um problema. Transações seguras significam menos risco e menos custos para quem trabalha nessa área.

Usando essa ferramenta, é possível automatizar tarefas e eliminar burocracias presentes nas transações tradicionais. Algumas empresas já começaram a usá-la para realizar transações internacionais em uma fração do tempo, o que geralmente demorava e gerava custos mais elevados.

O motivo é não precisar das instituições que costumam garantir a segurança da transação. Sem precisar recorrer a cartórios e bancos, por exemplo, é possível diminuir os custos e realizar o processo em menos tempo.

Para diversos setores

Apesar das aplicações atuais do Blockchain estarem situadas principalmente no setor financeiro, outras áreas devem conseguir utilizá-lo também. A automatização dos processos pode ser eficiente para empresas de transporte, por exemplo, que precisam manter a localização de produtos e bens constantemente atualizada.

Outra opção está nas áreas médicas, com sua necessidade de registros eficientes. A possibilidade de compartilhar e atualizar esses registros provavelmente auxiliaria diversos procedimentos. Os próprios pacientes seriam capazes de compartilhar informações de saúde, seja com seus médicos ou com pesquisadores.

Até as votações eletrônicas se tornaram mais seguras. Por que não votar online por meio de um dispositivo móvel e ter seu voto autorizado, autenticado e criptografado pela ferramenta? As possibilidades são infinitas.

Sua PME está pronta para receber essa tecnologia?

Considerando os avanços tecnológicos, é uma questão de tempo para que o Blockchain seja um padrão. As novas tecnologias podem trazer riscos ou oportunidades, e cabe a cada um entender como utilizá-la. Quem deseja aproveitar essa tendência deve possibilitar seu uso ao garantir processadores, softwares e hardwares capazes de analisar a grande quantidade de dados gerados pelos Bitcoins.

Além disso, é importante estar sempre antenado às novidades. O Blockchain não está nem perto do seu completo desenvolvimento e novas possibilidades de uso surgem com alguma frequência. Será que um deles não pode ser a oportunidade perfeita de negócio que sua empresa estava esperando?

Gostou de saber mais sobre Blockchain? Leia mais conteúdo relevante sobre inovação e segurança na página da Lenovo para PMEs.