Compras 4.0: o guia para decisões estratégicas
 

Compras 4.0: o guia para decisões estratégicas

O termo Compras 4.0 fala sobre a quarta geração deste segmento tão importante dentro das empresas. O novo setor de compras combina uma série de tecnologias que o tornam cada vez mais estratégico.

Com o surgimento da Indústria 4.0, também conhecida como Quarta Revolução Industrial, nasceu também o setor de Compras 4.0, apoiado por tecnologias como Big Data, Machine Learning, Inteligência Artificial, entre outras.

A área de compras moderna é, sem dúvidas, resultado do processo de transformação digital pelo qual as empresas vêm passando, com a oferta de produtos e serviços digitais.

Desde a digitalização de documentos e o uso da nuvem até a utilização do Software as a Service (SaaS) e a automatização de processos, o setor de compras de hoje não tem nada a ver com o que já foi.

Antes vista apenas como a área responsável pelas aquisições, agora o setor de compras é um dos mais importantes para os negócios, onde os compradores têm voz ativa e participam diretamente das tomadas de decisão.

As tecnologias inseridas em Compras 4.0

Um setor de compras estratégico se caracteriza pelo uso de algumas tecnologias que o tornam mais inteligente e assertivo. São elas:

Big Data

O Big Data utiliza plataformas específicas para a coleta, armazenamento, análise e tratamento de dados para que profissionais e gestores de compras tomem as melhores decisões baseados em números confiáveis.

O Big Data em compras, portanto, é essencial para a escolha de fornecedores, análise de mercado, avaliação de concorrentes, entre outras atividades que, se feitas manualmente, demandariam muito tempo, sem falar no risco de falhas humanas que podem acontecer em tarefas demoradas e repetitivas.

Inteligência Artificial

Essa tecnologia é capaz de identificar tendências e minimizar riscos, de forma automatizada, através do processamento de um alto volume de dados, com agilidade e precisão. 

A IA em compras permite tomadas de decisões em tempo real, o que cria uma enorme vantagem competitiva em relação à concorrência.

Machine Learning

O Machine Learning, ou Aprendizado de Máquina, consiste no estabelecimento de regras lógicas que são geradas com base no reconhecimento de padrões. A partir disso, os sistemas são capazes de tomar decisões de forma autônoma.

Essa tecnologia pode, por exemplo, prever pagamentos recorrentes que devem ser feitos aos fornecedores do seu negócio, automatizando esses débitos.

Cloud Computing

A computação em nuvem já deixou de ser tendência e virou realidade, porque elimina a necessidade de grandes espaços para armazenamento dentro das empresas.

E no setor de compras, onde a quantidade de dados e informações é alta, faz todo o sentido poder criar, editar, armazenar e compartilhar arquivos pela internet.

Internet das Coisas (IoT)

A IoT pode ser um investimento do setor de compras a ser aplicado dentro das empresas para a identificação de gargalos e oportunidades. A organização pode implantar sensores em máquinas industriais, por exemplo, para avaliar a capacidade produtiva de cada equipamento e assim realizar possíveis otimizações.

Robotic Process Automation (RPA)

A automatização, assim como nas tecnologias acima, é o grande benefício do RPA, que visa mais agilidade, eficiência e exatidão em todos os processos do setor de compras, das aquisições até o compliance.

O passo a passo para implantar o setor de Compras 4.0

Esse será o seu guia para o setor de Compras 4.0. Aproveite cada dica!

Avalie o cenário atual

Antes de tudo, reúna os melhores dados que o seu negócio já coleta. Nesse momento, é importante que você faça uma análise minuciosa para identificar o que precisa ser corrigido e o que pode ser otimizado.

Jogando luz em todas as suas falhas, será mais fácil aplicar as tecnologias necessárias para a resolução de problemas.

Capacite sua equipe

O novo profissional de compras tem maior capacidade técnica para discernir entre os melhores investimentos e também para guiar a empresa rumo a uma jornada de transformação digital bem sucedida.

Além disso, o comprador moderno deve dominar as tecnologias aqui citadas, além de ser especialista em Strategic Sourcing, com uma abordagem centrada no cliente e foco em soluções inovadoras.

Portanto, é essencial que você capacite sua equipe investindo em cursos, treinamentos, workshops e também na participação de feiras e eventos.

Leia também: As competências exigidas para o comprador do futuro

Mude o mindset

Líderes e funcionários devem mudar sua mentalidade para um modelo de trabalho mais ágil e disruptivo, com foco em dados e resultados. Isso deve partir de cima e se estender por todo o negócio.

Integre as áreas

O setor de compras deve estar alinhado com todas as áreas da empresa para fazer e participar das tomadas de decisões. Essa integração é importante para que a empresa toda entenda o papel estratégico da área.

Invista em tecnologia

Além de softwares, invista em máquinas que ofereçam qualidade, desempenho, durabilidade e segurança, tanto para o seu setor de compras como para as demais áreas do negócio.

Leia também: A importância do setor de compras na transformação digital

Avalie os resultados

Depois de seguir todos os passos acima, é hora de medir os resultados e fazer os possíveis ajustes necessários. Afinal, o termo Compras 4.0 é um processo que nunca acaba, mas sim que está em constante evolução.

Esperamos que esse guia lhe ajude a criar o seu setor de Compras 4.0. Agradecemos sua companhia. Até a próxima!