Como aumentar as vendas pós-pandemia
 

Como aumentar as vendas pós-pandemia

Em 2020, aumentar as vendas foi um desafio brutal para muitas empresas. Não é para menos. O primeiro semestre do ano foi gravemente impactado por tensões econômicas e sociais causadas pelo novo coronavírus (Covid-19). Entretanto, se naquele momento o mundo fora pego de surpresa por uma pandemia, hoje as empresas podem se planejar para o retorno “normal” das atividades dentro dos próximos meses.

Nesse sentido, entender o novo comportamento do consumidor e como as empresas podem se reinventar é fundamental neste momento. Desde o papel do gerente administrativo pós-quarentena até as tecnologias que seguirão em alta, existem muitas dúvidas relacionadas ao “novo normal”.

As dúvidas com relação ao processo de vendas, quais tendências e como definir e gerenciar estratégias para as vendas pós-pandemia são algumas das maiores urgências na rotina administrativa e é sobre isso que vamos falar agora. 

 

Vendas pós-pandemia: o que você precisa saber

Primeiramente, precisamos analisar o cenário mundial para aplicar a realidade de cada setor de negócios no Brasil. 

A Mckinsey é a empresa de consultoria e gestão mais influente do mundo e, recentemente, publicou uma pesquisa sobre consumo que mostrou que a maioria das categorias tiveram um aumento de 10% nos clientes online. 

A Nielsen, por sua vez, enumera três estágios para a retomada das vendas pós-pandemia:

1. Retomada: a partir do segundo semestre de 2020. As empresas retomam suas atividades com restrições.
 

2. Reinício:  entre o fim de 2020 e começo de 2021 período. As empresas reiniciam suas atividades com pequenas restrições 
 

3. Reinvenção: em um momento não determinado no primeiro semestre de 2021. As empresas retornarão às atividades normais, porém, reinventadas.

Para te ajudar a aproveitar todas as oportunidades que aguardam no horizonte de vendas, separamos alguns pontos que não podem sair do seu radar. Veja só!

 

Estratégias Omnichannel

Gestores, vendedores e gerentes deverão considerar aplicar estratégias omnichannel. A utilização de múltiplos canais no processo de compra do shopper oferecem uma experiência integrada, independente do canal utilizado.

A aceleração da digitalização em todo o mundo impactou também a forma com que os clientes querem ser atendidos e é esse o ponto de atenção para quem não quer perder vendas pós-pandemia. Entenda algumas possibilidades dentro dos canais conectados:

  • Compras online (via loja online ou aplicativo) com retirada na loja;
  • Compras na loja com entrega em endereço físico;
  • Pedidos feitos online com alteração no método de entrega posterior ao pedido; 
  • Identificação do produto em lojas, conversas com os vendedores pessoalmente, pedidos feitos online e entregues no endereço físico.

Dentro do processo, a empresa precisa ter uma comunicação ágil, conectada e direcionada para a experiência do cliente. Para isso, conhecer como PMEs podem aumentar a produtividade por meio da tecnologia é um dos pontos-chave para começar uma operação omnichannel de sucesso.

 

Negócios com propósito

Com a pandemia global e os sentimentos gerados nas pessoas, os consumidores estão cada vez mais conectados com marcas e empresas que possuem propósitos alinhados com o que acreditam. 

Por exemplo, não basta comunicar que a empresa é sustentável, é preciso mostrar o que e como a empresa está fazendo a diferença na redução do impacto ambiental. Para atingir os objetivos e aumentar as vendas pós-pandemia, duas perguntas precisam ser feitas:

  1. Qual o propósito do negócio?
  2. Como comunicar de forma transparente para os clientes e colaboradores?

Em uma situação atípica como a Covid-19, empresas que entendem o lado humano, se preocupam com as pessoas e possuem um posicionamento claro estão saindo na frente e vão continuar colhendo os frutos de serem marcas admiradas no futuro que está logo aí. E isso significa aumentar as vendas no pós-pandemia.

 

Reorganize o mix de produtos ou serviços

Alguns hábitos vão continuar presentes e influenciar o aumento das vendas pós-pandemia. Para conseguir movimentar o caixa e oferecer tudo que as pessoas estão procurando, considere oferecer um mix de produtos ou serviços mais amplo nas vendas pós-pandemia. Questione-se:

  1. Quais itens complementam os que você já oferece? 
  2. Onde é possível melhorar o ticket médio das vendas?

Agora é a hora de se preparar para aumentar as vendas! Através de uma análise detalhada do que já é vendido, o produto destaque e quais oportunidades existem, é possível entender e decidir as melhores opções para oferecer para os clientes. 

 

Amplie os canais de vendas

Negócios que já possuíam presença em vários canais de vendas saíram na frente desde o início da pandemia. Várias empresas precisaram se reinventar e encontrar alternativas para vender durante o distanciamento social. A demanda veio e promete ficar! Então, planejar além do ponto de venda físico vai fazer a diferença na hora de aumentar as vendas pós-pandemia.

Para traçar o melhor caminho, considere as opções que vão atender melhor a clientela. De acordo com o perfil de compra e utilizando aplicativos que fomentam a mudança:

  • Marketplaces;
  • Site próprio;
  • Parceria com outras empresas;
  • WhatsApp;
  • Redes Sociais;
  • Aplicativos Delivery;
  • Take away (compre e retire).

Estudar os “novos terrenos” vai oferecer a segurança para a tomada de decisão certa na hora de ampliar os canais de vendas e aumentar o faturamento!

Para finalizar, tenha em mente a frase: “Ideias importam, mas execução é essencial”. Entendemos que mudanças podem gerar dúvidas e inseguranças mas, aos poucos, é possível aplicar as transformações e aumentar as vendas pós-pandemia. 

A linha Think da Lenovo tem soluções para quem está focado em retomar as vendas. Clique aqui e conheça as melhores opções para a sua empresa. 

Obrigado pela leitura e até a próxima!

eficiência no local de trabalho